Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \30\UTC 2009


Uma experiência sensorial. Essa é a proposta da Dalila Têxtil para a FEMATEX – Feira Internacional de Materiais para a Indústria Têxtil e de Confecção, de 03 a 06 de fevereiro, em Blumenau (SC). Além da instalação no lounge sustentável, o espaço Dalila Têxtil trará os tecidos tecnológicos, produzidos com baixo impacto ambiental e em conformidade com as regras de proteção ambiental.

Durante o evento, a empresa de Jaraguá do Sul prepara o lançamento da sua Coleção Verão 2009-2010, que antecipará o que será tendências daqui a um ano. Projetos de sustentabilidade como “Produzir Sim, Poluir Não”, e as opções de malhas ecológicas completam o stand.

Depois da experiência sensorial, que trará cheiros, sons da natureza e vídeos, o público poderá ver de perto os tecidos feitos com fibras de garrafas PET e com algodão orgânico (que dispensa o uso de adubos químicos).

Para os confeccionistas e estilistas, uma grande novidade: em primeira mão na FEMATEX, a linha de malhas estampadas criada em parceria com a Lancaster Tinturaria e Estamparia.

Texto extraído da Revista Catarina

Hummm, pareceu interessante! Quero ir!!!

Anúncios

Read Full Post »

Este é o projeto de conclusão da estudante de design Gwendolyn Huskens, Design Academy in Eindhoven.
A criação de calçados foi concebida a partir da experiência da própria Gwendolyn, que teve que passar por um período hospitalizada e com isso mudou o seu olhar.
Desenvolveu esses calçados incríveis, muito criativos. Têm um quê de mórbidos, mas ainda sim muito sexy!


Os sapatos e botas foram feitos com materiais hospitalares: gesso, ataduras, band-aids e outros tão presentes e usados em tratamentos que geralmente não são tão agradáveis, não é mesmo?
Li por aí que a designer quis com isso atingir um certo tabu, que é esse outro lado da sociedade que ninguém quer pensar: as doenças, deformidades do corpo humano, imperfeições.
Ela concebeu um produto lindo a partir de materiais que estão relacionado a dor e sofrimento.
Ainda, vejo que as peças sugerem um tipo de conceito que pode crescer mais entre os designers em parceria com médicos, hospitais, etc: a idéia de minimizar traumas e sofrimentos desses tipos de tratamento, através da utilização de produtos que não tenham tanta cara de hospital.
A rede Sarah, em Brasília, já é um exemplo que há anos desenvolve maravilhas no mundo da reabilitação. No próprio hospital existe uma equipe de designers e engenheiros sempre criando a favor dos que necessitam.
Mas voltado ao assunto dos sapatos… criatividade é tudo!

Read Full Post »

Peter Marigold

Dia desses, nas andanças pela internet eu encontrei o site do designer inglês Peter Marigold, que faz um trabalho meio arte-design.
Adorei os projetos dele, especialmente por ter um visual cru, artesanal e bem conceitual. No final das contas…. É design? Não é? É Arte? Hm… é o que você quiser achar.
O fato é que fiquei surpresa com a coincidência; logo depois de saber da sua existência me deparei com a última edição da ARC Design , que traz uma entrevista com o rapaz. Foi em uma visita ao Brasil durante a mostra Casa, Arte e Design.
Ele defende uma produção em pequena tiragem, e acredito ser ideal para este tipo de conceito que explora formas e materiais menos convencionais.
Vale a pena dar uma olhada no trabalho dele, tem fotos de vários produtos!

Read Full Post »